Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


...e sem conhecimento de certos pormenores, saio da primeira ecografia com um sentimento estranho. A pergunta "Mas passa-se alguma coisa?" não teve a resposta que eu precisava e ao chegar a casa, olhando bem para o relatório vi algo que não entendi. Fui ler, fui investigar, fui vasculhar tudo e mais alguma coisa. O relatório falava na não visualização dos ossinhos do nariz (coisa que nem me foi revelada durante a ecografia) e também aquilo para o qual fui alertada, do valor da translucência da nuca estar elevado. Ao juntar estes elementos comecei a ler damasiadas vezes as palavras "Trissomias" e "Síndrome de Down". Começou o chão a fugir-me e entrei em pânico. Liguei para a minha médica e não consegui encontrá-la, talvez só lá para terça-feira. Seriam 3 dias de ansiedade, de muito choro e desespero.

Quando consegui falar com ela, tentou ao máximo descansar-me, que não ficasse assim, que conhecia a médica que me fez a ecografia e que ela tem essa mania de ser alarmista. Levou-me para vermos o bebé, apesar de não ser ecografista (utiliza o aparelho apenas para tirar algumas dúvidas) viu-me tão desesperada que quis a todo o custo descansar-me e disse: "Nunca vi um bebé com problemas a mexer-se desta maneira! Está óptimo! Vá, não fiques assim"

De qualquer das formas disse para eu marcar quanto antes um rastreio combinado, ou seja, repetir a ecografia e juntá-la com uma análise bioquímica. Saí do gabinete dela 60% mais descansada, faltavam-me os outros 40%, esses que me levaram durante uma semana a questionar uma série de coisas, em que as palavras "E se?" bailavam na minha cabeça a grande velocidade.

 

No dia em que saí da segunda ecografia, vinha com um misto de sentimentos. Um deles de grande felicidade e outro de raiva em que só me apeteceu partir o focinho a certa pessoa. Afinal tudo não tinha passado de um engano. Os ossinhos estavam claramente visíveis e se a médica da primeira ecografia não os tinha visto foi porque não fez uma correcta ampliação da imagem do bebé. Os valores da análise bioquímica estavam perfeitos. O bebé está bem :)

Fiz esta ecografia em Entrecampos com a Dr Marina do Vale, que me pareceu uma excelente profissional. Explicou-me tudo em pormenor e não me deixou sair dali com qualquer dúvida. Gostei muito dela porque continuo a achar que para além do profissionalismo deverá existir acima de tudo uma grande capacidade de compreender o ser humano e é assim que se querem os médicos. Se não estiverem aptos a tal, que vão fazer autópsias que ao menos ali já ninguém se queixa.

 

Quanto à raiva, entretanto passou-me mas não deixa de ser lamentável o balúrdio de dinheiro que gastámos com toda esta "brincadeira" mas principalmente, e isso não tem qualquer preço, a semana de sufoco e ansiedade que passámos.

 

Soube que o blogue esteve em destaque e gostaria de agradecer, com algum atraso é certo, à equipa do Blogs do Sapo. Apenas na altura não estava com grande "apetite" para festejos.

E queria igualmente agradecer todas as palavras que me foram deixadas no post anterior com os vossos conselhos e experiências. Eu chego lá, vão ver! Já faltou mais! :)

Autoria e outros dados (tags, etc)


17 comentários

Sem imagem de perfil

De Shadow a 04.08.2010 às 13:11

BOA! BOA! BOA!!! :-)
Não te quis perguntar nada... que com o outro post e o silêncio, nunca se sabe.... mas :-))))))))

A tua criança sai à mãe, Gaja Rija! hehe bjooo
Sem imagem de perfil

De o rapaz da laranja a 04.08.2010 às 13:30

Rija
Mexida
Sensível
Inteligente
Divertida
Envolvente
Bonita
Charmosa
Talentosa
e Gostosa que nem uma Clementina!

sim, sai à mãe!!!
(até porque neste assunto sei muito bem do que falo!)
;)
Sem imagem de perfil

De Shadow a 04.08.2010 às 16:40

Muito bem Senhor-Rapaz! Espero que traga também a sensatez, calma, capacidade de surpresa e atenção do Rapaz :-)

Bj e parabéns
Imagem de perfil

De mamaepedro a 04.08.2010 às 13:57

E cada vez se vÊ mais incompetências e falta de profissionalismo, um horror mesmo... :( quanto a esse bebezuco, ainda bem que está tudo bem, e até já vi todas as qualidades que o papá já lhe deu (te deu :o) )
Comigo, não foi uma semana de ansiedade, foram, no minimo 2 meses, pois tinha translucência nucal elevada e tive mesmo de fazer amnioncentese, e para saber resultados neste país é uma eternidade, enfim...

Beijokinhas aos 2 (bebé e mamã)
Sem imagem de perfil

De alexandra a 04.08.2010 às 14:28

Ena! já não passava por aqui à um tempo e agora... SURPRESA ! vais ser mamã!
Mesmo sem te conhecer, fico feliz. Fico feliz porque ser mãe é uma coisa que não se explica, e que agora vais poder viver.
Parabéns.
Imagem de perfil

De Eu,Luzinha a 04.08.2010 às 15:01

como uma médica uma vez me disse:

"não se preocupe, o que começa mal só pode acabar muito bem"

Espero que essse tenha sido o último grande susto da gravidez.

beijinhos e boa continuação
Sem imagem de perfil

De Silk a 04.08.2010 às 21:13

Como é possivel serem médicos e terem uma total ausência de empatia?! Não é óbvio que causam aflição maior nas pessoas ao serem omissos ou não se darem ao trabalho de explicar bem as coisas?! Para não falar em incompetência e falta de profissionalismo ou sensibilidade e bom senso. Vão fazer investigação, cirurgias, autópsias... ou assinar papéis, já que parecem sofrer da Síndrome do Funcionário Público: Um carimbo e a frase "a seguir!"...
Beijinhos à Clementina ;)
Imagem de perfil

De Genny a 05.08.2010 às 09:52

Agora entendo porque estavas atormentada! Felizmente está tudo bem!
A minha filha fez agora 16 anos, foi parto de cesariana e ainda hoje me lembro que a primeira coisa que perguntei quando acordei foi se ela estava bem. Não há nada que pague essa felicidade de vermos os nossos bébés pela primeira vez! Tu também vais sentir isso, vive a tua gravidez mesmo, aproveita todos os bocadinhos para conversar com a tua Clementina é optimo!
Tudo de bom Susana!
Sejam felizes
Sem imagem de perfil

De Inês a 05.08.2010 às 11:35

Estou grávida pela segunda vez e já apanhei valentes sustos... sem razão nenhuma.
Acho que hoje em dia, as "gravidezes" são excessivamente monitorizadas e dissecadas. Estamos a par de tudo o que se passa e, pior do que isso, de TUDO o que poderá correr mal, esquecendo muitas vezes quais as probabilidades matemáticas de certas coisas acontecerem.
A internet tem "too much information" e o google não faz de nós doutoras em Medicina. Ignora os fóruns de mamãs e pré-mamãs (parvas) que só te irão deixar mais ansiosa.

Esclarece as dúvidas com tua obstetra de confiança e não fiques a pensar muito nas coisas...
Relaxa e goza bem a gravidez.

É só a minha opinião.
Boa sorte com tudo.
Imagem de perfil

De diarioarev a 05.08.2010 às 15:03

Ás vezes sofremos por antecipação, na verdade antes de nascerem já nos dão tantas preocupações não é? O que importa é que esteja tudo a correr bem, aproveita bem cada momento, quando deres por "ela"já cá está fora a adoçar e encantar a vida, isso não tem valor, investe o que tiveres de investir agora, mas não stresses, pensa que tudo o que sentires "ela" sentirá igual, relaxa, respira e ouve música, que não falha nada! Fiquem bem!
Imagem de perfil

De milcoisasdebettyboop a 05.08.2010 às 16:01

Pois, comigo passou-se uma situação semelhante, também no inicio da minha gravidez! Inclusive passei um dia inteiro lavada em lágrimas na cama, tal não era o desespero. Também recorri a um outro médico para tentar ficar mais descansada, mas em vão. Infelizmente a minha gravidez era de risco devido a problemas na minha tiróide. E no final o médico que me acabou por acompanhar até ao fim sossegou-me e ensinou-me algo para o resto do tempo: Nunca, mas nunca pesquisar nada na internet sobre a quando houver dúvidas. Porque acabamos sempre por ficar piores! E é verdade! Na altura li que bebés que nascem de mães com hipotiroidismo nascem sempre com graves deficiências. O meu filho nasceu saudável e hoje é um bebe grande e forte e muito inteligente sem qualquer tipo de problemas. Felicidades!
Imagem de perfil

De Guida a 05.08.2010 às 23:05

Que Bom Susana que está tudo fabuloso
Diz-me onde foste fazer a ecografia foi na clinica labluxor ?

beijinhos

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor