Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


18
Ago11

 

 

 

 

Poucos são os electrodomésticos (pequenos) que me fascinam. Tirando uma torradeira, uma picadora, uma varinha mágica ou uma máquina de café, acredito que poucos mais façam falta numa cozinha. Quanto à Bimby continuo à espera de inovações e quando me apresentarem uma que descasque uma cebola, talvez pense duas vezes :)

 

Apesar de tudo isto, aqui há tempos pensei apenas uma vez ao adquirir a Actifry. A modernidade no acto de fritar batatas, sem pinga de óleo, ou uma pinga ou duas conforme as instruções do fabricante.

Foi devolvida. Demorava séculos para fritar umas batatas (onde o sabor característico desaparecia por completo) e ainda me aventurei numa carne de porco à alentejana que ficou qualquer coisa parecida com torresmos.

 

Voltei então para a minha cozinha de sempre, com os meus utilitários de sempre e com aquela que até hoje considero, essa sim, uma máquina que dá um jeito do caraças!

Falo claro, da máqina de fazer pão.

É certo que tivemos as nossas discussões, os nossos tempos de afastamento uma da outra, porque se haviam receitas que funcionavam, outras deixavam-me completamente frustrada. Também passei pelo período das farinhas pré-preparadas onde aí nada falha, é meter água e esperar que fique pronto.

Até que um dia veio parar-me às mãos um manual de uma outra máquina dado por uma querida amiga (obrigada Isa!), onde a partir daí pude experimentar uma imensidão de receitas de diversos pães. E meus amigos!....nenhuma até hoje falhou.

 

O estado de espírito ou a ocasião ditam qual a receita a escolher, se bem que a mais usual aqui por casa será sempre a do pão integral. Mas pode ser um pão branco, francês, doce, com chouriço, com canela e passas etc.

As farinhas usadas são quase sempre as mesmas: farinha de trigo (tipo 55) sem fermento do Pingo Doce (coisinha para custar trinta e tal cêntimos) e farinha integral da Nacional. Os fermentos (biológicos secos): da Fermipan ou Ramazzoti, cada caixa contém 4 saquetas e cada uma delas costuma dar-me para 2 pães e ainda sobra.

No caso dos pães doces, com massas tipo croissant, ou pão de leite, gosto de acrescentar farinha Custard (1 colher de sopa), pois os pães ficam com um tom amarelinho e um aroma a baunilha que é uma coisinha parva.

 

Um pão costuma dar para uns 2/3 dias aqui em casa, contanto com pequenos-almoços, almoço e jantar. Há mais de meio ano que é raro, muito raro comprar pão na rua e espero continuar assim.

Pelo menos nesta questão sabemos o que estamos a comer ;)

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Sofia C. a 18.08.2011 às 22:30

E podes divulgar essas receitas com o resto dos mortais, ó faxavor?!
;)
Imagem de perfil

De Gaja a 19.08.2011 às 15:57

Sure!

Cá vai a mais usada, a do pão integral:

(Entende por medida 1 chávena de chá)

1 medida e 1/3 de água
1/3 de medida de óleo
1 colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de açúcar
1 medida e meia de farinha integral
2 medidas e meia de farinha de trigo (a tal 55)
2 colheres de chá de fermento biológico seco

Por vezes também acrescento um pouco de farelo de trigo e sementes diversas. Faço uma mistura numa lata com sementes de linhaça (escura), sementes de girassol e de sésamo.
Isto já é opcional, claro, e costuma ser a olho. Mas 2 colheres de sopa de farelo e umas 3 de sementes...deve ser por aí :)

Depois quero saber se correu bem ok?

Bj da Gaja :)
Sem imagem de perfil

De Nuno a 19.08.2011 às 11:50

E podes passar a publicidade e indicar esse famoso manual de uma outra máquina cedido pela querida amiga Isa?
Imagem de perfil

De Gaja a 19.08.2011 às 15:59

Claro Nuno, na altura não escrevi pois não tinha o manual por perto e não me lembrava.

É da máquina Britania - Multi Pane

Bj da Gaja
Sem imagem de perfil

De Nuno a 22.08.2011 às 10:51

Já o descobri. Partilho com o resto do pessoal. Parece muito completo. Vou começar a experimentar.
http://www.britania.com.br/arquivos/britaniashop/manuais/9064301000.pdf

bjs
Nuno
Imagem de perfil

De Gaja a 22.08.2011 às 16:34

Boa!

Depois quero saber os resultados ;)
Imagem de perfil

De belitaarainhadoscouratos a 19.08.2011 às 13:59

Quanto às batats fritas, experimenta esta receita recentemente descoberta (o que eu andei a perder...):
http://belitaarainhadoscouratos.blogs.sapo.pt/160023.html. Nunca comi fritos da actifry mas se era por causa das batatas, vou poupar umas lecas! Ok, é preciso ir de vez em quando ao fogão e dar uma viradinha mas tirando isso, fenomenal.
A farinha integral para o pão compro no minipreço, marca deles e é bem baratinha (pacotes de 500 gramas).
Imagem de perfil

De Gaja a 19.08.2011 às 16:00

Essa receita parece-me MUITA boa. Tenho de experimentar :)

Nunca reparei nessa farinha do Minipreço! Tenho de ir averiguar isso.

Obrigada pelas dicas!

Bj da Gaja
Sem imagem de perfil

De Sofia C. a 23.08.2011 às 22:49

Sabiam que as sementes de linhaça para serem absorivdas pelo corpo têm de ser moídas? Senão não fazem qualquer efeito?!
Comprei a farinha no minipreço e vou fazer o meu primeiro pão esta madrugada...amanhã dou feedback.
Obrigada a todos pelas dicas, pois a minha máquina do pão estava parada vai para 6 meses, porque detestava os pães feitos com farinhas preparadas.
Imprimi o livro sugerido acima, e vou tentar fazer alguns pães sugeridos...
OBRIGADA!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor