Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


 

 

Estava eu a ler um post da Pipoca , em que a rapariga se refere ao tempo que pensava que ia ter quando decidiu deixar o conforto de um emprego certo, quando dei por mim a abanar a cabeça em sinal de concordância.

 

Porque de facto é isso mesmo, quando deixamos a estabilidade, a rotina dos horários certos e nos lançamos de cabeça num projecto em que acreditamos, pensamos que vamos ter todo tempo do mundo para nos dedicarmos a ele. E se por um lado isso acontece, por outro não.

A realidade com que a Pipoca se deparou há dias já eu tinha dado conta dela há mais de um ano. Ser freelancer, seja em qualquer actividade, não é fácil. Damos por nós a passar mais tempo em casa, sem horários (tirando os que o trabalho impõe, claro), por vezes dispersamo-nos em tarefas caseiras que caso tivessemos um emprego na rua só as faríamos, ou ao fim do dia ou ao fim-de-semana, achamos sempre que vamos ter tempo para tudo e quando chega ao final do dia (lá para as 2h da manhã) achamos sempre que poderíamos ter feito muito mais.

Com filhos torna-se ainda mais complicado. No meu caso as manhãs são praticamente preenchidas com D. Dinis e se não fossem as tardes em que ele fica com a avó (palminhas para as avós!) nem sei como faria.

 

Depois ainda existe a ideia de quem trabalha em casa ou num espaço próprio e que é dono do seu tempo e do seu trabalho, que está sempre disponível. E não é bem assim. Apesar de não ter horários fixos a cumprir, no fundo, todo o meu dia é praticamente absorvido pelo trabalho, em que na maioria das vezes mesmo que não esteja de facto a trabalhar, estou a pensar, a ter ideias, a idealizar coisas novas, a tentar arranjar uma solução criativa para um cliente etc.

O tempo torna-se de facto muito pouco para tudo o que queremos fazer mas com alguma ginástica e com as pessoas certas do nosso lado, tudo se consegue.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De rapaz da laranja a 13.09.2011 às 18:33

huummm... finalmente percebi a razão de ser de tanta doçura no teu olhar... estás "a pensar no trabalho"... hehe

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor