Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Ontem descobri esta maravilha da natureza na minha visita ao Oceanário. Por isso quis ir lá uma 2ª vez. Para ver tudo com mais atenção, para reparar em todos os detalhes. Foi quando descobri este Dragão Marinho. Fiquei com vontade de ficar ali um tempo interminável, só a olhar para ele nadando, muito lentamente e com uma graciosidade espectacular. Pois é isto que gosto de fazer quando assisto a algum espectáculo ou alguma exposição. Olhar demoradamente e absorver tudo na minha cabeça, para ficar nas minhas lembranças. Gosto de tirar fotos, mas não muitas, pois fico sempre com a sensação que me estão a roubar tempo.

À entrada do Oceanário é nos pedido que não utilizemos flash nas câmaras fotográficas. Sabendo eu o stress que isso provoca nos peixes, acho um pedido mais que justificável. Mas pareceu-me que existem muitas pessoas que não o sabem, nem querem saber, porque senão perguntariam a razão. Ou então se fossem minimamente inteligentes poderiam pensar que se nos fazem todas aquelas advertências à entrada, devem ter alguma razão de ser. Mas não. À boa moda do portuguesinho, vale a lei do mais espertalhão. Então é ver um sem fim de cavalgaduras a tirar fotos com flash, a atirar com as criancinhas contra os vidros do aquário para a foto ficar ainda mais gira, é bater nos vidros quando passa um tubarão, talvez esperançosos que o animal pare para os cumprimentar...etc...etc.

No fim da visita perguntei para mim mesma. Será que a maioria das pessoas que ali estavam perceberam o conceito do Oceanário? Nãããã....

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor