Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


26
Fev08

 

 

 

A primeira participação para a continuação da história do blog conto Eu ou contas Tu foi escrita pelo autor do blog I am you.

Leiam o texto. Espero que gostem tanto como eu.

 

 

Bruno enrosca-se ainda mais no casaco que o protege do vento frio que sopra de norte. Deixou os amigos na discoteca e decidiu ficar só, por momentos, no velho jardim que lá de cima namora a cidade. Faz hoje dezoito anos e quer sentir o peso pluma de tão poucos anos vividos e da vida futura que se avizinha. Na sua cara floresce uma barba que teima em despontar mas que ele gosta de acariciar como se fosse aquele o sinal da sua recente maioridade. Um pouco ébrio pelas imperiais bebidas ao jantar e por uma vodka laranja emborcada na discoteca, Bruno cerra os olhos e deixa que a rispidez do frio o embale numa sonolência quase confortável.
A meia dúzia de metros a seu lado, um vulto envolto numa capa negra como aquela noite, aproxima-se do frágil muro que circunda o jardim, subindo-o e mantendo-se num equilíbrio precário. Amparada pelo vento, aquela sombra negra dançava o que poderia ser a sua última dança, isto porque um pé em falso seria o suficiente para uma queda considerável, acabando em morte certa.
Bruno olhando para aquele bailado dantesco, de um salto agarra-a por um braço, puxando-a para trás, acabando estatelados no chão. Como se de um felino s e tratasse aquele corpo que ele tentava dominar, cravava-lhe as unhas por debaixo da roupa, provocando-lhe dor. Num repente, Bruno consegue passar para cima daquele ser que parecia possuído por uma força de outro mundo. Num último esforço, consegue-lhe prender as mãos com as suas, e por fim vislumbra-lhe o rosto. De uns olhos lindíssimos, mas carregados de raiva e tristeza brotavam pesadas lágrimas. Esta era Laura.
 
 
Malta. quero mais participações......vá......façam lá uma forcinha!
Enviem para o mail supergaja1@sapo.pt
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Teia d´Aranha a 28.02.2008 às 00:14

Eu nem sequer me atreveria a escrever uma só linha para dar continuidade a esta história... caso o fizesse, estragaria a beleza e a profundidade deste texto. Deixo isso para quem tem a inspiração e o dom... Parabéns ao autor pelo fantástico texto! Se não aparecerem mais escritores "audazes"... por que não a história ser contada a dois: a "gaja" e o "I'm you"?

Beijo, gaja!
Imagem de perfil

De Palavreadora a 07.03.2008 às 14:24

SUBLIME! GENIAL! que continuação perfeita para a história! Eu cá voto nesta, está excelente!!!

beijinho*

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor