Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


23
Set08

É certo que já passaram alguns dias e a fúria que me consumiu no último casamento a que tive de assistir já passou, mas não posso evitar de fazer aqui um apelo sentido à nação e arredores:

Não me convidem para mais nenhum casamento. Boa? Estamos combinados? Eu sei que a minha presença é imprescindível e blablabla e merdas do género. Mas vamos ser honestos, nem vocês irão dar pela minha falta nesse dia e a mim, é um favor do caraças que me fazem.

Porque não é de todo a minha ideia de diversão ir a um casamento. Não me acontece estar em casa aborrecida a pensar o que fazer e surgir-me a ideia "É mesmo isso, vou a um casamento! " Não.

Um casamento com tudo o que nele está incluido é aquilo a que chamo "hipocrisia vestida de branco".

Começa nos convites com frases inevitáveis enquanto se vão fazendo as listas: " Temos mesmo de convidar estes? Sim, senão parece mal..."

Chegados os convites aos destinatários: " Temos mesmo de ir a esta merda? Sim, senão parece mal..."

"Só vais dar esse dinheiro de prenda?? Sim, porquê? Tens de dar mais, senão parece mal..."

De seguida lá vamos em busca dos vestidos e fatos e gravatas e sapatos e malas perdidos nos roupeiros. Mas não. Teremos sempre de ir comprar novo, senão parece mal.

E depois vamos tirar uma fotografia com os noivos, quando o que já nos apetecia era almoçar. Mas temos de ir, senão parece mal.

Também me quer parecer que acabar o dia da festa com uma taxa de alcoolemia inferior a 0.8 g/l no caso dos homens, poderá muito bem ser considerado falta de masculinidade. No caso das senhoras, é aconselhável que retirem as etiquetas da sola das sandálias novas, porque aqui, sou eu mesma que o digo: parece mal.

 

E assim se vai passando um dia composto por um universo de "parece mal" com a banda sonora do "apitó combóio" como pano de fundo e uns rissóis a acompanhar.

E no fim, despedindo-nos dos principais intervenientes teremos sempre de mostrar que adorámos a festa e que temos imensa pena de partir tão cedo. E a eles apenas lhes compete mostrar a sua tristeza pela nossa partida.

Fecham as cortinas do palco....e já está!

 

Senão parece mal....não acham?

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


23 comentários

Sem imagem de perfil

De Marisa a 23.09.2008 às 21:31

Brutal!Uma pessoa sente- te quando te lê:) incrivel como que é a pura verdade a historinha dos casamentos lol
bom blog,mt bom mesmo!Beijinhossss****
Sem imagem de perfil

De AnjodeCor a 23.09.2008 às 21:50

como te entendo, mas não percebo porque a maioria dos casamentos são uma valente seca misturada com má qualidade.... tb já disse vezes sem fim este é o último, depois lá vem mais um com o convite e o blá blá e acabamos por fazer o frete de ir a mais um ...
Já casei e fiz um casamento só com 40 pessoas completamente fora do considerado normal, heheheheh quiz marcar a diferença e gostava que amis gente tivesse a coragem de mudar a tradição...
A tradição já não é o que era ... ;)
Bjs
SS
Imagem de perfil

De MrCosmos a 23.09.2008 às 22:35

Ó xôra dona Gaja, não me estragues mais o negócio, que ele já anda pelas ruas da amargura... Olhé, tá a ouvir? Passe a publicidade (mas tb, depois de congratularem o Mr na semana passada nos destaques do sapo, cof, cof, já te posso tratar por tu, né? ) Portanto, dizia eu, vede aqui a saga de um operador de câmara em casamentos, assim uma abordagem bem disposta, também tenho de os aturar, todos fins de semana a quase, e não me queixo. Antes aturar noivos do que os ministros engravatados nas inaugurações, com esses é que não posso... Se ainda não leste, apanha aí : http://geracaorasca.blogs.sapo.pt/43240.html .

E aí se a minha camara falasse... eram divorcios logo a seguir...
Bj do Mr.
Sem imagem de perfil

De Mikitas a 23.09.2008 às 23:02

O pior é quando tu apanhas convidados a cortar na casaca de outros, assim, com tanta lata que nem reparam no mau aspecto que estão a dar e no quão a parecer mal estão!
Sem imagem de perfil

De Inês a 24.09.2008 às 03:26

Adorei Gaja! Para não variar...
Imagem de perfil

De ladybug a 24.09.2008 às 03:56

Ora p****! Logo agora que estava a pensar casar e levar-te como madrinha!?!?!?
Sem imagem de perfil

De nezita a 24.09.2008 às 10:13

estou feitao ao bife contigo... então não é que me vou casar e tu andas-me a desmotivar :)

Beijocas e como sempre adorei
Sem imagem de perfil

De mãe de dois a 24.09.2008 às 11:11

Eu gosto de casamentos. Também não vou por frete ou para não parecer mal. Vou aos de quem gosto e sinto que sou desejada na partilha de um dia feliz para eles.
Quando me casei também não convidei ninguém por frete, só quem gostava de ter junto de mim num dia tão feliz. Aliás ficaram alguns por ir porque infelizmente o dinheiro não dá para tudo. Quem não compreendeu esse facto é porque não merece também importância.
O objectivo dos casamentos é festejar, e é isso que faço: divirto-me. Danço, canto, como, bebo sem estar preocupada se parece bem ou mal. Afinal, é uma festa!
Sem imagem de perfil

De Keratina a 24.09.2008 às 15:50

E adorei este post porque espelha precisamente aquilo que eu sinto.
Fui ao meu último à dois anos, e prometi a mim mesma que tinha sido o último. Recusei um o ano passado, e irei recusar um convite para o ano.
Haja pachorra para ir a casamentos!
Imagem de perfil

De cerejinha a 24.09.2008 às 20:16

Tambem tive de ir a um recentemente, e tb tenho a certeza que não davam pela minha falta

:P

Eu juro, juro, juro, que quando/se me casar, não vai haver fotografo! São só as fotos "caseiras" tiradas por quem levar maquina.
E a comida vai ser a horas decentes.
E vão ser proibidas gravatas.
E "prontos" já chega!

:P

Bjinhus

Comentar post


Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor