Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Era com um brilho nos olhos que estava naquele dia. Ia contando a todos o regresso da sua Laura marcado para essa tarde com tiques de alegria e impaciência. Corria todas as janelas para tentar avistar a ambulância que a iria trazer de volta e quando ela chegou parecia um garoto.

" 60 anos menina, 60 anos de casamento...é uma vida." - dizia ele com o peito inchado de orgulho.

Aos olhos de muitos, tamanha alegria era incompreensível. A sua Laura voltara sem ver, sem andar, sem falar. Mas para ele isso eram pormenores. A sua Laura voltara.

Não passou muito tempo e aquele corpo fragilizado teve o fim que todos previam.

Ele, chorou tudo aquilo que não se imagina que um homem chore.

 

E eu, da mesma janela por onde o vi caminhar em direcção à capela onde ela estava, vi-o nem duas semanas depois a sair dela para ir ter com a sua Laura...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Sem imagem de perfil

De Jade a 11.12.2008 às 22:44

Que pérola poética, Gaja. Um dos melhores posts de SEMPRE. Tão curto, tão breve, tão intenso, tão absolutamente perfeito. Fartei-me de chorar. Parabéns. Este texto é, todo ele, amor. E não só deles, da Laura e do seu Príncipe. Teu também.
Sem imagem de perfil

De Pips a 11.12.2008 às 23:26

Vivi uma história igual. Dos meus avós. Ficaram separados apenas por 28 dias. O coração do meu avô não aguentou bater longe do da sua Celeste.
Triste, tão triste...mas ainda assim...lindo.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 11.12.2008 às 23:32

Olá.
Tenho uma grande amiga que viveu a "separação" dos pais em 7 dias.
Primeiro a mãe, véspera do Natal. Depois o pai, véspera de fim d'ano.Este não aguentou a falta da esposa.
Ambos tinham 80 anos.
Incrível como os casais idosos sentem a falta um do outro.
beijinho

Sem imagem de perfil

De Rita Carapau Sardinha Frita a 11.12.2008 às 23:33

Adorei o post , comoveu-me!

Beijinhos e boa continuação! :)
Sem imagem de perfil

De Bunny a 12.12.2008 às 00:18

era com um amor desses k eu sonhava....ate tudo se desmoronar...


beijo
Sem imagem de perfil

De Keratina a 12.12.2008 às 01:32

Ainda dizem que já não se morre por amor...

Agora estão juntos: novamente!

bjokas
Sem imagem de perfil

De Luz a 12.12.2008 às 02:45

Nossa... Esse é o sonho dourado de todos que amam como eles se amavam... Não ter planos de vida e morte à separá-lo... *chora pateticamente*...
Sem imagem de perfil

De Ana a 12.12.2008 às 09:42

Muito bom post! Um dos melhores que já li sem dúvida nenhuma.

Beijinhos
Imagem de perfil

De Teia d´Aranha a 12.12.2008 às 10:29

Lindo, comovente, intenso... como deveria ser todo o amor digno desse nome.

Amei!

Beijo
Sem imagem de perfil

De maria papoila a 12.12.2008 às 10:55

Para quem não sabia o que havia de escrever voltaste em grande...Parabéns pelo texto!

Eu conheço uma história diferente mas com um fim identico...dois tios velhotes, o que me lembro deles são as sua discuções permanentes....ela falava imenso e ele era sempre "CALA-TE MULHER".... um dia ele ficou doente...e depois vieram muitos dias assim...ela cuidou sempre dele....um dia ela morreu de repente....e ele passado uma semana foi atrás... Era bom que daqui a 80 anos continuassem a haver histórias destas.
bjs

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor