Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


800.jpeg

 Então a rapariga foi atacada porque era gorda. Então a rapariga defendeu-se e apelou à união das mulheres nestas questões da estética e tal e couves. Então as mulheres que a defendem desatam a atacar as gajas magras e que parecem uns cabides e paus de virar tripas.
E é isto.
Tudo normal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Imagem de perfil

De Ana Patrícia Pereira a 15.10.2014 às 16:49

Tem razão. Não é nada disso que a Jessy pretendia. E até eu, confesso, que sem querer acabei por fazê-lo.. não com o intuito que toda a gente achou e me atacou, apenas e só porque uma mulher é olhada como objeto de trabalho e quase que nem comem porque alguém lhes impõe esse regime. Depois ficam horríveis, têm doenças e a coisa acaba por dar-se mal. E nem a Jessy está gorda, nem magra, e todo este burburinho seria evitável se nos aceitássemos uns aos outros e nos apoiássemos enquanto mulheres e não apenas por A ou B é gorda, tem isto ou aquilo ou está magrérrima. Qualquer corpo tem o seu mérito para desfilar.
Imagem de perfil

De Gaja a 15.10.2014 às 18:36

As pessoas são o que são e ponto final. Existem pessoas gordas porque sim e existem pessoas magras porque sim também.
Perde-se demasiado tempo com questões menores a meu ver....
Imagem de perfil

De Milheiras a 15.10.2014 às 16:53

O ser humano é muito cruel, não dão só as mulheres umas com as outras...Mas nós seres humanos uns com os outros.
Imagem de perfil

De Gaja a 15.10.2014 às 18:38

É isso mesmo Milheiras, foi aí que quis chegar. Os disparates que se dizem, as ofensas que se fazem. Para quê?
Imagem de perfil

De Pandora a 15.10.2014 às 17:33

Como o Gato Pardo disse, e muito bem, "deixem-se de merdas".
http://gato_pardo.blogs.sapo.pt/e-a-polemica-do-dia-foi-jessica-257097
Imagem de perfil

De Gaja a 15.10.2014 às 18:38

O Gato Pardo ainda é vivo?? Já vi que sim :)
Imagem de perfil

De wideawake a 15.10.2014 às 20:05

É triste que as pessoas sintam alguma espécie de «poder» sempre que tentam inferiorizar os outros. E esta vontade de "apontar o dedo" é algo que me transcende. Já a minha avó dizia: Não apontes um dedo que tens logo cinco a apontar para ti! Sabedoria popular ;)
Imagem de perfil

De K a 15.10.2014 às 20:38

Cambada de gaijas ressabiadas - as que criticam por tudo e por nada.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor