Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


28
Jun09

- 3 + 1

por Gaja

Lido muito mal com despedidas, separações. E ontem senti mais uma vez o efeito nefasto que têm em mim.

Poderia relativizar a questão e dizer que eram apenas animais, que tinha mesmo de ser mas no dia em que nasceram, há 1 mês e 28 dias, senti que só eu, em parceria com a mãe, os poderíamos proteger de todos os males. Vi-os nascer, vi-os a abrir os olhos, vi-os das primeiras vezes em que sairam da "toca" e mais tarde vi-os já completamente à vontade neste mundinho que era o deles.

Por isso ontem custou-me, e muito, quando vieram buscá-los. Não por ter dúvidas de que irão ser bem tratados, que disso falarei mais à frente mas por este vazio que aqui ficou desde que partiram.

 

 

E agora os agradecimentos:

 

Em primeiro lugar à Isa, ao Diogo e aos seus encantadores filhotes, a Sara, a Leonor e o António. A nova família do grandioso "Pata Negra". Fui informada de que irá chamar-se Presunto!  E eu adorei! :)

Obrigada por tudo. Pelo facto de o acolherem e também pela simpatia de me trazerem um presente que com a confusão nem o abri perto de vós. Mas já tive oportunidade de ver (muito giro!) e agora fico à espera de uma visita de todos, para um chá! ;)

 

 

 

 

 

E agora, a surpresa da tarde de ontem. Tive oportunidade de conhecer pessoalmente (e finalmente) esta Mulher à Beira de um Ataque de Nervos! 

A ideia seria ela vir até cá com uma amiga que estava interessada em ficar com a Pequenita. E agora as minhas sinceras desculpas por não me lembrar do nome da nova dona da Pequenita mas acho que por aquela altura e com demasiadas mixed emotions, já estava bloqueada para assimilar novos nomes (mais do que é costume). Mas ficou registado o seu ar doce e entusiasmado com este novo membro da sua família. Tenho a certeza de que ficou bem entregue :)

 

 

 

E eis senão quando, a Daniela decide ficar com a Malhadinha (a da direita na foto) para ir fazer companhia às suas 2 gatas!

Confesso o alívio que senti na altura. Era a única para a qual ainda não tinha arranjado dono. Era de longe a gata mais sensível e indefesa de toda a ninhada e os donos para ela teriam de ser escolhidos a dedo. Melhor dona para ela não poderia ter arranjado! Sim, esta que ficou encostada na bancada da minha cozinha a beber um café e a "deitar conversa fora" comigo. Simplicidade em pessoa, tal como eu gosto. E se já era fã, fiquei mais ainda :)

 

Só fiquei chateada com uma coisa! Então não era que tinha ali uns bolinhos para vocês levarem e esqueci-me!!??? Bolas pá! Esta cabeça de atum!!....

 

 

 

 

E agora perguntam vocês:

 

- Mas Gaja, tás parva ou quê?? Então não eram quatro?? E o outro??

 

Pois...o outro ainda está cá. Está só à espera do dono que chega no final desta semana.

Decidi oferecê-lo ao boyfriend (eu arranjo cada pretexto...cof...cof...). Mas a verdade é que desde cedo apeguei-me a este gato, o tal que num dia em que me sentia um pouco mais em baixo, saiu de perto da mãe e dos irmãos e veio deitar-se ao meu lado.

E a partir do dia em que disse ao rapaz que tinha aqui o gato dele, já não se calou mais:

 

-Mas que gato é que vão buscar?? Não é o meu pois não?? Tu vê lá!

 

- Não...está ali a dormir...shiuuuuuuu....

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Imagem de perfil

De Gaja a 02.07.2009 às 00:42

É lindo e completamente "passado" ! Por isso gosto tanto dele!

Bj da Gaja

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor