Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


11
Fev06
Como tinha prometido aqui estou eu para explicar as razões da minha ausência. Mudei de casa e como eu e o meu gajo temos as manias das perfeições decidimos que só nos mudávamos quando tudo estivesse pronto. Ou seja, meteu remodelação total do quintal, contratar carpinteiro para fazer algumas coisas na cozinha, escolher forno, escolher placa, escolher cortinados, escolher móveis e espelhos de casa de banho, eu sei lá...nunca tive que escolher tanta coisa em tão curto espaço de tempo. Mas se o problema fosse só esse estava eu bem. Quando nos deram a chave da casa, eu como boa fada do lar, tratei logo de limpar a barraca nova de alto a baixo. Entretanto começaram as obras no quintal...ok talvez tenha sido ingenuidade minha achar que a sujidade não entrava mais em casa até porque se era no quintal logo significava rua, certo? Mas como eu estava enganada. Poucos dias depois do ínicio das obras fui lá a casa já nem me lembro fazer o quê e deparo-me com um cenário catastrófico. Cartões espalhados por toda a casa, pó por todo o lado, os mosaicos para o chão do quintal ainda todo empacotado, sacos de cimento, tijolos, acreditam que até uma batoneira tinha na cozinha?? Claro que a minha vontade foi enfiar o homem das obras dentro da batoneira mas achei que isso talvez atrasasse o andamento da remodelação. Entretanto meti uns dias de férias achando que ele acabava aquilo a tempo e depois dava para fazer a mudança. Mas claro, como a gaja tem uma sorte do caraças, houve dias que choveram e ele não ia, houve dias que havia caça e ele não ia, depois houve o Natal e ele não foi quase uma semana. Conclusão, passaram-se as minhas férias e nada de mudança. Depois disto ainda houveram mais alguns contratempos mas se eu fosse a contar nunca mais saía daqui. O facto é que lá nos mudámos e estamos a adorar. Ainda só encontrei um defeito neste prédio, é que existe um puto que mora por cima de nós que deve ter a mania que é canguru, é que o chavalo leva o dia aos pulos e depois tem um daqueles cães a pilhas que para ajudar anda sempre a correr atrás dele, então só se ouve os pulos e as unhacas do cão a acompanhar. Mas tá-se bem. Agora vou ali ter um encontro imediato com o meu colchão e já venho. É que amanhâ vou bulir...sim, nem toda a gente folga ao domingo sabiam??

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor