Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Gaja.

Chega a casa.

Tira um café aproveitando o facto de se ter esquecido da máquina ligada o dia todo. Tá quentinha, melhor ainda.

Alimenta os gatos e assiste a uma coreografia Kizombática (Tita no seu melhor)

Liga ao Gajo. Teca teca teca...blablabla.....hehehe....

Desliga o telefone.

Liga o PC. "Aiiii e eu com tanto que fazer"....

Miradela rápida nos e-mails. "Ai.....que tenho ali 60 bolachas para decorar!!!!.."

Miradela rápida nos blogues do costume " O Teia d`Aranha vai passar na Comercial???!! Cooooooool !!!"

Chega ao fim do post a anunciar o facto e exclama: "WTF?????!!! F*da-se!!!"

 

Eis o motivo de tal exclamação:

 

 

 

Por falar em missa... a produtora do programa informou-me que como alguns posts contêm um ou outro palavrão (coisa pouca!), eles terão de ser cortados. E, na rádio, "gaja" é considerado palavrão... Eu que os ouça pronunciar essa palavra num qualquer outro programa! Apresentarei de imediato queixa ao Provedor do Ouvinte!

 

Pois que isto é Gaja para já ter feito uma inscrição no dito programa há algum tempo. Para quem não conhece chama-se: "O meu blog dava um programa de rádio". Sempre achei uma ideia gira e compreendo perfeitamente a parte dos palavrões(alguns). Poderão ferir susceptibilidades e merdas do género.

Mas daí a considerarem "gaja" palavrão?

E aqui nem vamos pela parte que me toca, porque se me dissessem que "queca" também faz parte do rol de palavrões que não podem passar na rádio (a partir de agora já não me admiro com nada), reagiria da mesma forma.

 

O Vidinha de uma Gaja nunca poderá passar na rádio, pois tal como a Beta respondeu brilhantemente ao meu comentário, eu sou o palavrão em pessoa :)

O que me revoltou nesta história toda, é esta censura camuflada que ainda vai espreitando por aqui e acolá. E acima de tudo esta falta de respeito pelo autores, seja do que fôr, ao "manipularem" a seu bel-prazer os seus trabalhos.

 

Um Piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii em cima de um palavrão meu? Até poderia aceitar.

Um Piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii em cima da palavra "gaja"? Não, obrigada.

 

Alguém escreve num blogue, esse blogue é seguido pelas vivências que contém, opiniões, dramas, piadas, músicas, asneiras, calinadas etc. Esse blogue é escolhido para ser lido na rádio. A rádio ganha dinheiro às custas dele (sim, não vamos ser ingénuos), o autor do blogue não ganha um tostão por estarem a utilizar as suas palavras. E ainda se acham no direito de escolher ou apagar o que não é "permitido"?

 

Se eu soubesse disto há mais tempo não tinha feito a inscrição.

É que sou Gaja! E asneirenta comó c@r@lhinho! E não me mudem uma vírgula!

 

 

 

 

Bem...se fosse uma ou outra ainda vá que não vá....É que nunca sei muito bem onde as meter...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor