Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


18
Mar08

Nós

por Gaja

Chegaste, sem as pressas habituais a que me fui acostumando. Levada por uma curiosidade quase infantil, fui aos poucos, espreitando os recantos da tua vida e de ti próprio como se dependesse disso para seguir os meus dias, a minha vida.

Sem pressas, foste aos poucos, espreitando os meus. Sempre dessa forma especial que é só tua.

Ainda hoje, não encontro explicação para o que aconteceu. Tinha de ser assim, disseste tu uma vez. E talvez baste essa.

Hoje, apenas sei, que os dias que vão passando e os pormenores que os preenchem me levam ao teu encontro e tu do meu.

Certo dia, num banco de jardim, os meus olhos fugiram dos teus, fixos em mim. Agarrei-te nas mãos. Não te cheguei a dizer, mas nelas, coloquei a minha alma.

Por nós.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

14
Mar08

E depois de me ter sido lançado este desafio com tamanha meiguice (bruta do caraças) pela Sô Dona Beta do blog Teia D´Aranha e também porque isto não é Gaja para virar a cara a desafios (és lá agora) cá estou eu com um prazer imenso e porque não dizê-lo, desmesurado, a enfrentar mais este.

 

Este basicamente consiste no seguinte: ah e se fosses tal eras o quê? Perceberam? Então para poupar na tinta não vou escrever....ah se eu fosse...ah se eu fosse. Portanto, coloco só o tal e o resto.

No caso de não terem entendido absolutamente nada (que é o mais certo, visto que isto já é tarde e as células cerebrais a uma hora destas já andam feitas doidas a discutir umas com as outras) esqueçam e passem a outro blog. Tenho uns jeitosos ali à esquerda. É só escolher.

 

Bem, então cá vai disto que amanhã não há!

 

Mês.......Julho. Foi o mês em que nasci, Verão, sol, gelados blablablabla

 

Dia da semana.....Sábado. Acho um dia fofinho.

 

Número.......7. E só porque sim.

 

Planeta...... Esta parece-me parva. Não respondo.

 

Direcção......Eu gosto mais quando me mandam ir para a direita. Gosto. Embirro com a

                             esquerda, mas isso sou eu.

 

Móvel.......Mas existe lá coisa mais gira do que uma escrivaninha? Ali com tudo   escondidinho e depois abre-se aquela portinhola e tcharaaaannnn! E depois dá para escrever em cima dela.....e ai.. tantas gavetinhas.....e ai... tantos compartimentozinhos......e ai... este aqui que até tem uma chavinha e tudo.....e ai.....

 

Líquido.....Seven Up. Estupidamente fresca. É o delírio.

 

Pecado......Preguiça. Sem comentários.

 

Pedra..... Daquelas redondinhas da praia. É capaz de ter um nome mas agora não estou para pesquisas.

 

Metal...... O vil?

 

Árvore..... Eucalipto. Cheira bem.

 

Fruta..... Laranja. Ácida, doce, marcha tudo.

 

Flor..... Papoila. Não que goste da flor em si. Gosto do nome.

 

Clima.....Daquele nem muito ao mar nem muito à terra. Ameno.

 

Instrumento musical......Piano. E um dia ainda vou ter um.

 

Elemento......Água.

 

Cor.......Rosa.

 

Animal..... Golfinho. Mas a viver no ZooMarine. É mais chique.

 

Som.....O do mar. Eu sei, é um lugar comum. Mas também tenho direito aos meus ou não?

Ah...pensava.

 

Canção.....Talvez Estranged. Ou então não. Sei lá....é díficil.

 

Perfume.... Salvador Dali. O meu pois então.

 

Sentimento......Amor, amizade, compaixão, ódio......depende das luas.

 

Livro.....Os Maias

 

Comida......Eu sou sem a menor margem para dúvidas......Um cozido à portuguesa!

 

Lugar.......Serra da Estrela. Tenho algo de mim lá guardado. E sempre que lá vou encontro-me mais um pouco.

 

Gosto......De laranja. Ácida ou doce.

 

Cheiro.....De pão acabado de fazer.

 

Palavra......Sol.

 

Verbo......Mimar.

 

Objecto......Livro.

 

Peça de roupa.....Botas também dá?

 

Parte do corpo.....Olhos.

 

Expressão......Adoro dizer um "dasssssse" de vez em quando. Algumas vezes vá....pronto, muitas.

 

Desenho animado......olha, agora não me lembro.

 

Filme......"O Padrinho". Os 3. Já vos disse alguma vez que gostava de fazer parte de uma família de mafiosos? Não? Então ficam a saber.

 

Forma.....Esta também é parva. Não respondo.

 

Estação.....Primavera.

 

Frase......." Tenho a leve impressão que este foi o desafio que me levou mais tempo a fazer....Dassssseeee!"

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estive agora no site do Technorati.

E para quê, perguntam vocês.

Para ter uma noção de quantos desafios tenho em atraso.

E o que achaste, perguntam vocês.

 

Achei que..............preciso de ir ali chorar um bocadinho....

 

 

Mas eu juro, que depois de chorar vou tentar responder pelo menos a um ou dois.

Agora deixem-me! Deslarguem-me! Sinto que devo jogar-me ao chão, puxar os cabelos e verter lágrimas como se não houvesse amanhã até deixar de me sentir uma cabra por não responder aos 45697755454 desafios que me fizeram.

Mas eu depois volto. De olhos inchados e com menos cabelo, mas volto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

12
Mar08

Sem comentários

por Gaja

O Pingo Doce tem à venda.......uvas sem grainhas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

11
Mar08

 

 

A segunda participação para a continuação da história do blog conto Eu ou contas Tu foi escrita pela Ladybug do blog Baby Steps

 

 

Catarina começava a estalar de impaciência. Se por um lado tinha vontade de se render ao sono, por outro, queria esperar por Bruno. Devia-lhe isso. Afinal, ele tinha ido à rua de propósito comprar leite para ela. Não tinha que o fazer. A “exigência” do leite tinha-lhe saído da boca num impulso. Não era pelo leite... Queria estar presente na vida dele, mas não queria tornar-se apenas mais um hábito para ele... como o whisky ou o leite... Queria apenas participar dos rituais dele, queria partilhá-los com ele. Queria sentir o que ele sentia quando bebia o leite. Se era importante para ele, seria importante para ela.
 
E não queria que ele a tomasse como certa.  Tinha entrado nesta relacção meio a medo, meio curiosa. Era nova na empresa quando se conheceram. Ainda mal estava recomposta do seu divórcio quando conheceu o Bruno. Tinha-se instalado em Lisboa há pouco tempo, conhecia pouca gente e as pessoas que conhecia eram, na sua maioria, conhecimentos profissionais. Por isso, quando o seu trabalho se cruzou com o de Bruno, por força das circunstâncias, a proximidade acabou por ser inevitável. Com o tempo foram-se conhecendo melhor, e Catarina começou a dar consigo a querer antecipar as reuniões com ele, a pensar nele com frequência, a inventar desculpas para falarem. Havia algo nele que a encantava. Havia algo nele que a fazia sentir segura e pressentia que as coisas seriam diferentes desta vez. E quando ele a convidou para jantar, sem qualquer pudor,  com o seu sorriso engraçado e ar distraído, não pôde recusar. Tinha-se apaixonado por ele. E desde então tinham-se tornado no porto de abrigo um do outro...
 
Quanto ele lhe contou do seu problema com o alcool, ficou surpreendida apenas. Tinha-o posto num pedestal. Sempre com um pé atrás, sim, mas... até à data não lhe conhecia “defeitos”, por isso, ficou efectivamente surpreendida. Nada mais do que isso. Ela sabia o que era ter telhados de vidro. Oportunamente, também ela teria uma história para partilhar com ele. Mas primeiro tinha que encontrar Laura, falar com ela, saber como ela estava, por um ponto de final naquela história. Laura era irreverente, extravagante, impulsiva e ela era o reverso da medalha. Doce, ponderada, calma, afectuosa. Nunca quis que as coisas tivessem acabado assim... E agora que estava de volta a Lisboa, sabia que tinha que a procurar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

06
Mar08

...que por norma, ando sempre atrasada. Não gosto de horários, não gosto de relógios, não gosto de pontualidade.

 

Por estas razões e por mais algumas, só agora, com um dia de atraso, segue o discurso de agradecimento pelo Destaque do " A Vidinha de uma Gaja" nos Blogs do Sapo:

 

Laides ende Gentlemenes, em primeiro lugar quero agradecer aos leitores aqui da tasca por ainda terem a paciência de passarem por cá e acima de tudo por tantas e tantas palavras que me vão deixando. Acreditem que algumas delas me ajudaram e muito em certas alturas da minha vidinha.

Também quero agradecer à equipa do Blogs do Sapo por mais este destaque.

 

E pronto, acho que é tudo.

 

 

Estive bem não estive? Ein? Fui simpática? Ou demasiado seca? Deveria ter mandado beijinhos? Não seria lamechas? Olha, mas esqueci-me. Fica para uma próxima.

M*rda....esqueci-me de agradecer ao meu irmão. É que se nao fosse o computador dele ias ver onde é que escrevias o "Vidinha".....então não escrevias....

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor