Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


 

Eu (num acesso de falta de paciência): Um dia destes espeto contigo na casa da tua avó e ficas lá a dormir com ela!! E eu vou.....olha nem sei! Vou dar uma volta!!
Ele: Nãããããããããããããooo!!!
Eu: Não?! Não gostavas de ficar a dormir lá na casa da avó??
Ele: E tu dormias lá?
Eu: Não! A mãe não ficava. Só tu e ela.

Ele (pensativo): Não.....
Eu: E se o tio dormisse lá?? (a paixão dele) Aí já ficavas??
Ele: Sim...!! E tu ficavas lá também, não é?
Eu: Não! Eu não ficava.
Ele: Mas espera aí! Eu não fiz nenhuma asneira, pois não?.....

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Fev14

Não sei quem consegue ser mais parvo. Se o gajo que inventou estas chuchas, se a mãe ou o pai que deixa o seu filho usá-las...
Fica a dúvida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

23
Fev14

Avenidas

por Gaja

Ai sim?

 

Sugiro então mudar o nome da Avenida da Liberdade para Avenida do Tremoço.

Quem vota a favor?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

22
Fev14

Pijamar e Pizzar

 

 

 

 

 

 

Acabei de fazer uma pizza com uns 5 dedos de altura de pão.

M-E-D-O

Autoria e outros dados (tags, etc)

21
Fev14

O que farias se visses uma criança com frio?

Antes de mais quero referir que A cena da semana continua a ser algo que não segue nenhuma "linha editorial". Quanto muito é desejável que seja semanal, quando possível. Já aqui disse que tanto pode abordar um tema completamente mundano como outro que envolva assuntos mais sérios ou da actualidade, sendo esse o caso de hoje.

 

Na última semana tornou-se difícil fugir ao assunto "conflito". A abertura dos telejornais estão cheias de imagens de confrontos, na Ucrânia, na Síria e na Venezuela e começa a ser assustadora toda a informação que chega até nós diariamente.
Sensibilizou-me particularmente a notícia do menino com 4 anos que atravessou a fronteira da Síria perdido dos pais. Pensei imediatamente no meu, que tem quase a idade dele e de como seria se isso lhe acontecesse.

Quem estaria lá para o acudir?
E se ele tivesse frio?

De forma a alertar para o que está a acontecer às crianças na Síria e para angariar fundos, uma ONG criou um vídeo. A ideia é simples: um menino numa paragem de autocarro em Oslo na Noruega treme de frio e vai dizendo às pessoas que lhe roubaram o casaco numa excursão e que está ali para se encontrar com a professora. O vídeo foi feito para captar a reacção dos noruegueses.

 

Vejam o que acontece:

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor