Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Mau! Mau Maria!! Já não estou a achar graça nenhuma! Sim, continuo sem o meu gajo. Atão não é que o moço faz mesmo muita falta? Já dou comigo a conversar com a cadela sobre os temas do telejornal, a perguntar aos peixes como vai a vida e parvoíces do género. A cadela ainda abana o rabo de vez em quando, agora os peixes andam lá na vidinha deles, umas vezes molhados, outras vezes encharcados e querem lá eles saber da Gaja. É que isto de ter um gajo do lado, no dia a dia, implica que muitas das vezes nem damos por ele, ou seja, já é normal ele estar ali portanto qual é a novidade? A novidade é quando ele não está...aí sim é que se nota qualquer coisa...principalmente a falta de barulho. Sim, porque o gajo faz barulho que se farta...toca viola ( acha-se um mestre da arte ), põe a música num som impróprio para cardíacos, canta ( mal, para minha desgraça ) e o mais grave....ressona ( mas isso eu também, diz ele, porque eu não acredito ). E perguntam-se vocês : " Pôrra mas este gajo só tem defeitos?" E respondo-vos eu : " Não, até tem muitas, muitas, muitas mais qualidades que defeitos, mas essas não revelo, não vá aparecer por aí alguma ranhosa que me queira roubar o gajo."
Conclusão, preciso de barulho! Com ele junto claro....

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.07.2005 às 11:10

vá lá não chores...quando ele chegar vai ser cá uma festança...e rapidamente vais ter saudades do silençio...he he he he hemayda
</a>
(mailto:)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.