Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


12
Ago08

Falta de tempo...falta de tempo meus caros. A única razão para o meu desaparecimento.

E não, não fui de lua de mel nem tenho andado a contribuir para o bronze como certas alminhas disseram por aí.

Muito trabalho, isso sim. Que isto do mês de Agosto é a merda do costume. Vai tudo de férias e os que ficam que se amolem.

Durante estas duas semanas, entre trabalho, visitas à familia, receber amigos em casa e as costumeiras rotinas caseiras, ainda ganhei 3 novos residentes cá em casa para dar mais um bocadinho de trabalho à Gaja que já vai sendo pouco.

 

Apresento-vos o Alfredo (da direita) e o Tolstoi (da esquerda)

 

 

Pois é, estes são os hamsters orfãos que um dia a minha mãe trouxe lá para casa dela. Veio com uma conversa de que como eu queria um animal de estimação, assim até ficava com dois. Como se eu algum dia tivesse tido o desejo de ter hamsters meu Deus...

Mas claro, uma Gaja não vira a cara a estas desgraças sociais e vai daí,pouco tempo depois de me ter mudado para a minha casa, lá tive de trazer a rataria.

Agarrei na gaiola e coloquei-a no chão do carro, no lado do pendura. Parei o carro à porta, peguei na gaiola e mais uns sacos que tinha trazido, larguei tudo em cima de uma mesa e fui estacionar o carro num sítio mais próprio. Chego a casa...olho para dentro da gaiola e qual não é o meu espanto faltava-me o Tolstoi....................................

Deu-me vontade de gritar com um ar aciganado....."Ahhh mê Deus....! Mê pobre ratito....Querem lá ver que o desgramado se me caiu da gaiola para o mêio da estrada e já foi atrepilado por um cámion Tire?? Ahhhhh mê ratito!!!!!!!......"

Mas não. Peguei antes numa das tocas dos gajos e fui à cata dele.

A noite estava escura, não se via vivalma na rua. Na estrada esborrachado não estava. Melhor, pensei eu. Só podia estar no carro.

Entrei, acendi as luzes. Não mexi em bancos nenhuns pois senão quem o esborrachava era eu. E limpar os estofos a uma hora daquelas era coisinha que não me apetecia nada.

Coloquei a toca no chão. Foi uma questão de segundos e Tostoi apareceu....Enfiou-se nela, Gaja meteu-a num saco e lá foram os dois para casa.

 

Mais uma do Alfredo. (O Tostoi não gosta muito de ser fotografado...manias de hamster russo)

 

 

Passados uns dias do que é que eu me lembro? Quero ter um gato!

Um dia em conversa com um Afonso disse-lhe: Um dia vou ter um gato com o teu nome...

Mas claro, os planos saiem-me sempre furados...

 

Afinal é uma menina. Tem 1 mês e tal. Está cá em casa há quase duas semanas. E não é que ainda não lhe arranjei nome?

Ultimamente tenho-a chamado muito de chata do caraças. Mas será que fica bem?

 

 

 

 

 

Vá....façam-me lá esse favorzinho e ajudem a Gaja a escolher um nome à bichinha....

 

Agora vou só ali ver o que é que ela estará a destruir e já venho...

 

Ahhhhhhh e só mais uma coisinha:

Queria agradecer a todos os que se lembraram do meu aniversário e pelas palavras que me deixaram.

Um beijinho à Isa, ao Sérgio, à Lu, à Pat, à Beta e à Lisa.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor