Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Não há muito tempo, dissertei aqui neste espaço sobre o que achava acerca do amor quando tinha 20 anos e aquilo que acho actualmente. Mas existem coisas que não mudam nem com a idade, nem com as experiências e nem mesmo com certos desapontamentos que fui tendo. E aqui refiro-me a pormenores, atitudes e gestos de um homem que poderão fazer toda a diferença. Falo em meu nome pessoal mas também em nome de muitas mulheres, que suspeito, irão concordar comigo.

 

Be afraid, a Gaja vai revelar aos homens o que as mulheres esperam deles:

 

Iniciativa. "As mulheres hoje em dia é que tomam a iniciativa", ouve-se dizer por aí. Homens? Guess what? Talvez o façam porque vocês o deixaram de fazer...? Não?...Pensem nisso. Vá, deixem-se de comodismos! E não me venham com modernismos, pois que sim, que até acho que as coisas devem estar equilibradas mas vamos ser honestos, Gaja que é Gaja continua a gostar que seja o homem a tomar a iniciativa.

 

Marcação cerrada. Muita atenção, apenas se acharem que ela engraçou convosco, caso contrário arranjam um sarilho dos grandes. Mas sim, leram bem, marcação cerrada. Liguem imensas vezes sem ela estar à espera, enviem sms´s a propósito de tudo e de nada. Convidem-na para isto e para aquilo. E ela, quando ouve o toque do telemóvel e vê o vosso nome salta-lhe um sorriso e exclama: "Ai este Gajo é tão chatinho...", mas é mentira dela que isto do mundo das Gajas é uma coisa complicada que vocês nunca entenderão...

 

Factor supresa. As mulheres adoram surpresas. Vocês também já sei. Mas aqui falo em nome das mulheres, vocês se quiserem escrevam o vosso (post, bem entendido). Surpreendam as mulheres. Desmarquem um encontro por exemplo, digam que estão atrasados, que não vai dar. Depois apareçam como por artes mágicas. Não sejam rotineiros nem monótonos. Num final de um encontro despeçam-se, digam até amanhã e apareçam passado meia-hora porque as saudades eram muitas.

Ofereçam presentes sem esperarem datas ridículas como o dia dos namorados. Sem dia marcado. Recordo-me de um episódio em que o meu namorado da altura ligou-me enquanto eu estava a trabalhar. "Vem cá fora" disse-me ele. E assim fiz. Entregou-me um pequeno embrulho, deu-me um beijo e foi-se embora. Fui ver e tinha um anel lá dentro. Não, não foi um pedido de casamento. Vinha com um papel escrito por ele com palavras que valeram para mim muito mais do que qualquer pedido de casamento. Mas acima de tudo e anéis à parte, aquilo que essencialmente me ficou na memória foi o factor surpresa.

 

 

A este tema voltarei mais tarde. Mas não é mais tarde tipo 5h da manhã. Não. Daqui a uns dias, boa?

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor