Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

25
Dez07

...trabalhei.

Mas ao contrário do que se possa pensar, foi bastante gratificante.

No final das contas, as pessoas com quem trabalhamos diariamente, acabam por ser um pouco a nossa família também.

Para quem disse, como eu, que este ano não ia fazer nem um frito tradicional de Natal, como já vem sendo hábito há alguns anos, acabei por fazer uma catrefada de Sonhos para aquela malta toda. E se estavam bons, caramba!.....Pelo menos, foi a opinião geral.

E é daqui que tiro prazer em cozinhar para os outros.

O dia passou-se entre conversas à volta do fogão e Sonhos roubados com um "Hummmm..." à mistura....

Acompanhei o jantar dos meus velhotes. Não eram muitos. Alguns foram passar a noite com a família. Os que ficaram, foram os esquecidos ou aqueles que pura e simplesmente já não têm ninguém. Não é uma visão agradável é certo, mas muitos deles nem se apercebem que é Natal, portanto, nada de dramas.

Apenas uma, me deixou preocupada. A minha Rainha. Estava muito calada, estranhamente calada. Mas talvez fosse apenas sono...

 

Vim para casa, para aí sim, jantar com a minha família. Brindes com vinho verde, troca de prendas e o resto do serão a jogar ao Monopoly com o meu irmão. Ainda não foi desta que ganhei aquele c%&#$%. Declarei falência e fui dormir.

 

Este ano, nesta época natalícia, três coisas me comoveram: O dia de ontem, uma mensagem que recebi no telemóvel e esta versão do "Amazing Grace" feita pelo David Fonseca...

Aqui fica para ouvirem....

 

Feliz Natal a todos

Bj da Gaja

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

16
Dez07

 

 

Pensado e produzido por: Gaja

Imagens retiradas da internet

Música: "2000 miles" Coldplay

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

04
Dez07

Já pensei

por Gaja

E depois de muita e demorada reflexão, já pensei no tema de hoje.

 

O Natal.

 

Tenho impressão que em 31 anos de vida, este vai ser o primeiro Natal ao qual não estou a achar a mínima piadinha...

Não estou, pronto!

Que me desculpem os outros, que andam a comprar presentinhos, bolinhas, fitinhas, árvorezinhas, bonequinhos, brinquedinhos, perúzinhos, presuntinhos, bacalhauzinhos, batatinhas, couvinhas, papéizinhos de embrulho, lacinhos e todas essa m*rdas acabadas em "inhos" ou "inhas", tanto faz.

Não estou, pronto!

Não estou com paciência para aquelas reportagens que aparecem na revista Caras em que as "tias" contam como irão passar o Natal com a família toda a uma quinta qualquer no Norte ou no Alentejo. Não sei se já repararam, mas existe sempre uma quinta nestas histórias. E claro, nunca se podem esquecer da avó. Existe sempre uma avó também. Que aqui entre nós que ninguém nos ouve, já deve estar a fazer tijolo há anos no cemitério da Ajuda.

Não estou com paciência para conversas da treta do género: " Então Gaja como vai ser o teu Natal este ano?....Costuma ser cá?"......(Não, costuma ser nas encostas do Evareste, para dar mais realismo à coisa tás a ver....mais neve e tal....)

Não estou, pronto!

Não estou com paciência para aqueles anúncios televisivos, sempre com aquela maldita música de fundo, e sininhos e o raio que os parta.

Já não posso ver Pais natais a amarinhar pelas paredes, nem casas enfeitadas com luzinhas a fazerem lembrar centros comerciais.

Não estou com paciência.

Não estou, pronto!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor